http://irreligiosos.ning.com/profiles/blogs/como-surgiu-a-religiao

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

http://irreligiosos.ning.com/profiles/blogs/como-surgiu-a-religiao

Mensagem por Levy em Sex Jun 12, 2015 12:57 pm

O instinto da Fé existe, é natural, legítimo, faz parte do ADN, sendo um atributo benéfico ao vivente, significando esperança, confiança, estimulante, otimismo, fortalecedor.
Sua existência é justificada por diversos motivos relacionados à Vida, quais sejam: aumenta a resistência das criaturas nos momentos de perigo ou iminência de desenlace vital, servindo ao sofredor como lenitivo na faixa da esperança e de sustentáculo psicológico.
Enfim, a Fé é um útil instrumento de vida. É ela que mitiga o desespero do faminto, oferece esperança na tormenta, fortalece a resistência em momentos de crise, valoriza o sofrimento na travessia da vida, dá coragem e reanima a quem está com o moral enfraquecido. A Fé natural começa a atuar quanto se extingue o alcance do pensamento racional. É um atributo benéfico para a alma.
Pela convivência desde tempos remotos, ficou no entendimento geral, desde então, que Fé (bem natural) e fé religiosa (instrumento artificial) são expressões sinônimas, mas não são. Esta busca se sustentar na legitimidade natural daquela, procurando manter uma existência simbiôntica vantajosa. Mas não se identifica genuinamente com o verdadeiro caráter da Fé, atributo natural e legítimo. Não são a mesma coisa; são excludentes.
Imaginamos que em tempos remotos, há mais ou menos 100 mil anos, quando os hominídeos ainda não eram “sapiens”, começaram a ligar causa e efeito por força de suas observações e pensamentos relativos ao deus Sol.
As percepções de nossos longínquos antepassados, temperadas de medos e esperanças, sedimentaram e converteram a Fé em simples axioma na relação sol-terra, (mistério-fato) inaugurando assim o recurso cultural da fé aplicada e utilitária, a fé religiosa.
Àqueles que desejarem conhecer mais a respeito dos diversos enfoques e mistérios da Vida, poderão ler o livro de nossa lavra, “Nas Pegadas da Vida”.
Quanto à existência do místico Jesus Cristo, é possível que tenha existido, pois em qualquer época sempre existiram místicos. Atualmente, só no Brasil, os há em significativa quantidade. A existência de tais pessoas é fato ocorrente e deve ser considerado como tal, não implicando serem verdadeiras as palavras por ele proferidas.
12.06.2015 12:57:12
avatar
Levy
Admin

Mensagens : 31
Data de inscrição : 19/02/2015
Idade : 32

Ver perfil do usuário http://levy.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum